Home - IER Brasil

Versículo do dia

Hebreus 11:6

Set 17

O SENHOR NUNCA ESQUECE

 
“Ouvindo Deus o seu gemido, lembrou-se da sua 
aliança com Abraão, com Isaque e com Jacó....” 
Ex 2.24-25
 
Quando as tempestades da vida nos açoitam, nossa tendência é olhar para as nuvens escuras e a fúria dos ventos. Muitas vezes, a sensação é que fomos apanhados desprevenidos. Onde ir? Para onde correr? Não há abrigo! Você já passou por isso? E quando o temporal parece mais um dilúvio que nunca se acaba! O que fazer? Será que há saída? O povo de Israel estava vivendo essa situação.
Leia a meditação completa
Set 16

IMITAÇÃO

 
“Todas as coisas cooperam para 
o bem daqueles que amam a Deus.” 
Rm 8.28
 
Muitos tentam imitar aqueles por quem sentem verdadeira admiração. O motivo pelo qual o fazem é por não se valorizarem e se acharem os piores do planeta. As pessoas, na sua grande maioria, depreciam-se e, por isso, querem ser iguais àquelas que elegeram como modelos.
Leia a meditação completa
Set 15

EU ESTOU CONTIGO

 
“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, 
não temeria mal algum, porque tu estás comigo…”
Sl 23.4
 
Na devocional de hoje, me desperta o motivo pelo qual Davi está confiante. Não é a esperança de que suas circunstâncias mudem, nem tampouco a ideia de que possa ter uma vida sem complicações ou dificuldades. Ao contrário, Davi se dá conta que há uma boa possibilidade de atravessar pelo vale da sombra da morte. A fortaleza de sua postura frente a esse panorama, no entanto, é a convicção que ele confia que o Senhor estará com ele, ainda nas piores circunstâncias.
Leia a meditação completa
Set 12

JESUS, O MAIOR PRESENTE DE DEUS

 
“Aquele que não poupou o seu próprio Filho,
antes, por todos nós o entregou...”
 Rm 8.32
 
O nascimento de Jesus fala-nos do insondável amor de Deus. Ele nos amou desde a eternidade. Deus nos amou não porque merecíamos ser amados. Amou-nos quando éramos fracos, ímpios, pecadores e inimigos. Ele nos amou sendo nós filhos da ira. Amou-nos e deu-nos seu Filho Unigênito. Amou-nos e não poupou a seu próprio Filho. Amou-nos e deu-o como oferta pelo nosso pecado.
Leia a meditação completa
Set 11

DEUS PODEROSO!

 
“Quem mediu com o seu punho as águas, e tomou a medida dos céus aos palmos, e recolheu em uma medida o pó da terra...” 
Is 40.12
 
Ao considerar o texto em destaque, minha mente trabalhou em várias direções. Pensei nas alegrias e nos momentos difíceis, no choro e na dor que já vivi. Pensei nas circunstâncias que muitas vezes parecem que vão me afogar no turbilhão das indagações e dos porquês. Pensei, também, naquilo que ansiava e desejava para minha família. Lembrei-me dos meus sonhos e dos trabalhos duros e difíceis.
Leia a meditação completa
Set 10

O AMOR QUE SENTE SAUDADE

 
“... Lembro-me de ti, da tua afeição quando eras jovem, e do teu amor quando noiva, e de como me seguias no deserto...”
Jr 2.2
 
O povo de Israel foi amado e escolhido por Deus mesmo sendo o menor povo dentre os povos. Deus formou esse povo, libertou-o e conduziu-o à Terra Prometida. Deus deu-lhe sua palavra e enviou-lhe profetas para ensiná-lo. Deus cercou esse povo com seu cuidado e manifestou a ele sua graça. Deus fez milagres extraordinários para esse povo e lhe deu vitória sobre seus inimigos. Porém, com o tempo, a devoção de Israel foi se desvanecendo.
Leia a meditação completa
Set 10

TRISTEZA

“Vejam o que esta tristeza segundo Deus produziu em vocês: que dedicação, que desculpas, que indignação, que temor, que saudade, que preocupação, que desejo de ver a justiça feita!” 2 Coríntios 7.10

O rei Davi, ao ser confrontado por Natan – profeta de Deus –, foi tomado por uma profunda tristeza (Salmo 51), reconhecendo a grande misericórdia de Deus e a sua condição de pecador que necessitava do perdão do Senhor. Não há dúvida de que Deus realmente o perdoou, mas as consequências do seu pecado vieram de uma forma muito clara. Paulo alertou aos gálatas: “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.” (Gálatas 6.7).

Leia a meditação completa
Set 05

A PRESENÇA CONSTANTE DO SALVADOR

 
“... e eis que estou convosco todos os dias
 até à consumação do século.” 
Mt 28.20
 
Jesus voltou ao céu, mas a igreja não ficou órfã. Jesus está presente na sua igreja e anda no meio dela. Está presente para sondá-la, exortá-la, corrigi-la, consolá-la. Jesus jamais nos prometeu ausência de aflições, mas nos prometeu presença consoladora. Mesmo sendo ovelhas de Cristo, desceremos aos vales da sombra da morte. Mas, tendo o divino pastor conosco, não precisamos temer. Passaremos pelos rios caudalosos, pelas ondas revoltas e pelas fornalhas ardentes, mas o Senhor estará conosco. Ele jamais desampara aqueles que nele esperam.
Leia a meditação completa